Imagem TRIBUNA LIVRE: População do Iguá apresenta demandas da região em Sessão Itinerante

TRIBUNA LIVRE: População do Iguá apresenta demandas da região em Sessão Itinerante

Câmara Municipal de Vitória da ConquistaTribuna LivreSessão ItineranteNotícia

29/05/2024 20:00:00


Durante a Sessão Itinerante da Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC), realizada na noite desta quarta-feira, 29, no distrito de Iguá, a população ocupou espaço na Tribuna do Poder Legislativo para apresentar as demandas da região.

Amor por Iguá - Morador da região, Mário Mendes, conhecido como Mário de Vivi, destacou o amor de sua família por Iguá. “Quando eu cheguei aqui em 68, menino, amamos essa vila pelo carinho que nos recebeu. Somos gratos a Deus por tudo”, disse ele, destacando que Vivi Mendes, falecido na última sexta-feira, 24, era apaixonado pelo distrito, que sempre lhe rendeu expressivas votações nas sete vezes em que foi candidato a vereador.

“Problemas que precisam entrar na pauta de reivindicações” - Iago, da Associação de Moradores do Distrito de Iguá, usou seu tempo na tribuna livre para pontuar alguns problemas que precisam ter destaque na pauta de reivindicações dos vereadores. A primeira queixa do morador foi sobre dois banheiros públicos do distrito, que foram construídos na gestão do ex-prefeito Guilherme Menezes, e que hoje se encontram abandonados pelo Poder Público, pois não têm ao menos o básico, descarga e pia, e pelo descaso, se tornaram “point de usuários de drogas”, assim, o morador solicitou manutenção e intervenção urgente. Além disso, falou da necessidade de instalar refletores no campo de futebol do distrito, pois a iluminação do espaço é necessária para melhorar uma área que é de lazer dos moradores. Sua última reivindicação foi sobre a creche de Iguá, pois a estrutura, por falta de manutenção, está inadequada para os alunos.

“O Iguá está servindo só de bancada de voto” - Lalinho, morador do distrito de Iguá, usou seu tempo de tribuna livre para reivindicar pautas que estão presentes nas reivindicações dos moradores. “Isso aqui é a oportunidade da gente cobrar de vocês, mesmo nem todos os vereadores estando presente, é bom vocês gravarem quem está faltando”, ressaltou Lalinho. Também destacou o descaso com a região, “tantas localidades mais distantes de Conquista tem iluminação e sanitário, e nós aqui de Iguá estamos abandonados”, lamentou.

O morador também destacou a necessidade de uma praça no distrito, “Waldenor disse que a verba para a praça já foi liberada, vamos cobrar por ela”, disse Lalinho. E finalizou sua fala reforçando a necessidade de cumprir as demandas do distrito, “vamos olhar mais para o Iguá. O Iguá está servindo só de bancada de voto”, destacou.

Zona Rural precisa do olhar do poder público - O morador de Campo Formoso, no Distrito de Iguá, Dario Antonio, utilizou da tribuna para reivindicar a recuperação da estrada que liga os povoados de Lagoa formosa a Cachoeira das Araras, que segundo ele, não recebe manutenção a mais de 20 anos, “são  9 km de estrada e pedimos a compreensão do poder público e dos vereadores, e dar uma forma de ajudar, pois o maquinário está em Lagoa Formosa”. E disse que a zona rural necessita de ação, força política e boa vontade para atender às demandas.

Legado de Vivi Mendes - Em meio às discussões sobre os desafios e melhorias para o distrito do Iguá, o morador Márcio de Vivi fez uma intervenção, relembrando a trajetória de seu pai, Vivi Mendes, que foi vereador por sete mandatos. Com a voz embargada e lágrimas nos olhos, Márcio compartilhou suas lembranças. “Meu pai, Vivi Mendes, dedicou sua vida a esta cidade. Como vereador, ele sempre trabalhou incansavelmente para melhorar a vida dos moradores, especialmente dos mais necessitados. Tenho orgulho de ser seu filho e de seguir seu exemplo de amor e compromisso com o nosso povo,” declarou Márcio.

Melhorias no cemitério e no transporte público - Outra moradora que utilizou o espaço da Tribuna foi Vanuza, da Associação de Moradores, que cobrou intervenções no cemitério local. “Foi uma vergonha para um ex-parlamentar ser sepultado num cemitério naquelas condições. A comunidade limpou, mas o entulho ficou”, disse ela, destacando o local onde o ex-vereador Vivi Mendes foi sepultado no final de semana. “Precisa da ampliação e manutenção do cemitério”, completou.

Ela cobrou ainda o respeito à gratuidade de passagem dos idosos. “A outra questão é referente aos moradores que já têm 60 anos e não podem ir para Conquista resolver um assunto porque não têm dinheiro para pagar a passagem”, disse. “A Lei é que a partir de 60 anos você tem gratuidade. Em Vitória da Conquista, a lei diz que é 65. Faça valer a lei, como fizeram valer a taxa do lixo, vai beneficiar muita gente aqui”, complementou.

“O Iguá também é prioridade” - O morador Derinaldo do Iguá, como é conhecido, aproveitou a presença do Secretário de Agricultura do Município, Breno Farias, para chamar atenção à lagoa do Iguá, que tem 4m de ‘sisternão’ e água potável, mas segundo ele, está “abandonada e inacessível”. Em relação à saúde, Derinaldo afirmou que o Iguá se encontra subordinado ao distrito de Bate Pé, pois em casos de urgência, precisam esperar ambulâncias vindo de Bate Pé para o atendimento, e isso precisa ser revisto, pois o Iguá necessita de mais prioridade.

“Eu sei que onde meu pai está, ele está alegre” - Nivaldo Mendes, filho de Vivi Mendes, agradeceu a homenagem realizada a seu pai durante a sessão. “Sei que onde meu pai está, ele está alegre”, declarou. Nivaldo também destacou o avanço que a agricultura e o distrito de Iguá tiveram durante os anos, “hoje está valendo a pena plantar porque tudo que a gente constrói aqui na zona rural está valendo a pena”, ressaltou.


Prestação de Contas Anual
Acesse o Prestação de Contas
  Live Offline
Rádio Câmara 90.3
Rádio Câmara 90.3
Facebook
Calendário

Julho 2024
0

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31