Imagem Câmara celebra Dia da Guarda Municipal em audiência pública

Câmara celebra Dia da Guarda Municipal em audiência pública

Câmara de Vitória da ConquistaAudiência PúblicaNotíciaFernando JacaréAlexandre Xandó Chico EstrellaRicardo Babão Subtenente Muniz

18/10/2021 22:18:00


Na noite desta segunda-feira, 18, a Câmara Municipal se reuniu em uma audiência pública para celebrar o Dia da Guarda Municipal, comemorado no dia 10 de outubro, conforme a Lei Nº 12.066. Autor do requerimento da audiência, o vereador Fernando Jacaré (PT) lembrou que participou das discussões para a implantação da Guarda. “As discussões começaram em 2009 e eu tive a honra de participar dos debates”, recordou o parlamentar.

Ainda segundo Jacaré, o momento é de homenagear os agentes da Guarda Municipal por tudo que eles viveram até chegar aonde estão, sem perder de vista a questão da valorização salarial, do plano de carreira e outros aspectos importantes para garantir o trabalho de excelência. 

O vereador defendeu que seja firmada uma parceria entre a Polícia Militar da Bahia e a Guarda Municipal de Vitória da Conquista. “É fundamental a parceria com o estado, pensando no melhor para a cidade, sem questões partidárias e ideológicas, quem vai ganhar somos todos nós”, avaliou Fernando Jacaré.

O parlamentar disse que os agentes da Guarda vieram para humanizar a relação com a comunidade, mas que eles também necessitam de uma resposta do Poder Legislativo nos debates, nas questões legais que deem garantias a esses servidores. “Esses servidores estão se expondo numa atividade diferente e essa Casa tem obrigação constitucional de proteger os seus direitos. Nós estamos todos nessa conexão de pensar uma Guarda humanizada e integrada. Esse debate tem esse objetivo de valorizar os servidores da Guarda Municipal”, afirmou. 

Sonhos e projetos para a Guarda Municipal - Durante a audiência, o comandante-geral da Guarda Municipal, capitão da reserva da Polícia Militar, Cristóvão Lemos, representou a prefeita e chefe da corporação da Guarda Municipal, Sheila Lemos. Ao iniciar o discurso, agradeceu a oportunidade de poder apresentar a Guarda, principalmente para os cidadãos que não têm acesso à informação. O capitão ressaltou que a Guarda foi criada por meio da lei nº 2.369, de 2019, mas começou a operar no dia 2 de junho deste ano, e foi empossado como comandante em 09 de junho. Ao iniciar o trabalho, em conjunto com os guardas municipais, Lemos declarou que a corporação tem sonhos e projetos para o crescimento dessa instituição.  Além de proteger os bens públicos e os cidadãos, o capitão afirmou que: “temos a missão, o trabalho de construir uma Guarda humanizada”. Ao finalizar, agradeceu a homenagem feita pela Câmara de Vereadores e concluiu que honraria o manto sagrado azul. 

Realização de sonhos – Representante dos guardas municipais, Elcides Andrade lembrou que a comemoração envolve a realização de ao menos três sonhos. “Tivemos três sonhos realizados: a luta pela criação da lei de criação da Guarda Municipal, o curso de formação e o momento em que a tropa foi para a rua trabalhar”, disse. “Eu participo dessa luta há mais de 10 anos e olhando o passado vejo que valeu a pena. Faltava em Vitória da Conquista essa força de segurança”, avaliou ele.

O guarda municipal agradeceu aos conquistenses pela acolhida aos trabalhadores da Guarda Municipal. “A população abraçou a Guarda Municipal”, disse ele.

A população está feliz com a Guarda Municipal – O vereador Ricardo Babão (PCdoB) parabenizou o parlamentar Fernando Jacaré (PT) pela iniciativa em homenagear a Guarda Municipal. Em sua fala, demostrou satisfação ao dizer que, em pouco tempo de atividade, a Guarda já tem uma associação e ainda afirmou que uma associação é para proteger e defender a categoria e não siglas partidárias. Babão também relembrou da sua moção de aplauso em homenagem ao trabalho desempenhado por essa instituição. “Quando a gente dá uma moção de aplauso, é quando a gente vê o sucesso de algo que está acontecendo na sociedade”, afirmou. De acordo com o vereador, ao caminhar pela cidade, percebe-se que população está feliz com a presença dos guardas municipais e que desde o primeiro mandato, em 2012, sempre colocou o servidor público em primeiro lugar. Babão finalizou o discurso agradecendo a dedicação da Guarda na proteção da cidade e se colocou à disposição da corporação.

O primeiro a levantar a discussão – O ex-vereador Gilzete Moreira, primeiro parlamentar a discutir a possibilidade de criação da Guarda Municipal em Conquista, lembrou do período em que levantou a proposta. “Lá em 2009 nós tivemos essa iniciativa com o apoio dessa Casa e percebemos o interesse, a necessidade de ter em Conquista essa Guarda Municipal”, recordou. “Me sinto honrado de estar aqui. Agradeço, mesmo”, disse ele, agradecendo a Fernando Jacaré por ter lembrado de seu nome e de sua iniciativa.

A Guarda não pode servir de tropa de choque  –  O vereador Alexandre Xandó (PT) parabenizou a iniciativa de Fernando Jacaré (PT) e disse que o parlamento é a casa do povo, sendo também um espaço para fazer homenagens. Em suas redes sociais, o vereador perguntou para a população sobre o desempenho da Guarda nesses seis meses de atuação e recebeu elogios, assim como críticas. Xandó também levantou pontos sobre a necessidade de discutir o regimento interno da corporação. Outra pauta presente em seu discurso foi o pequeno quantitativo feminino de guardas e como é preciso recrutar mais mulheres. O parlamentar também afirma ter recebido relatos desagradáveis sobre as condições de trabalho desses servidores públicos, que merecem ser valorizados. Como crítica, Xandó disse que a Guarda não pode servir como tropa de choque para enfrentar manifestações populares.   

Guarda precisa atuar armada – O vereador Subtenente Muniz (Avante) defendeu que a Guarda Civil Municipal seja armada. “A Guarda tem que estar com escudo, bastão, capacete e armas. A Guarda Municipal tem que estar armada para enfrentar a bandidagem”, avaliou o parlamentar que é militar da reserva. 

De acordo com ele, a Guarda receberá críticas, mas encorajou os trabalhadores a realizarem o seu papel. “A Guarda veio para fazer a diferença e vai fazer. Eu tenho certeza que a sociedade, o povo de bem, estará do lado de vocês, podem ter certeza”, assegurou Muniz.

A Guarda deve estar armada – O vereador e líder do governo Chico Estrella (PTC) disse que a noite era de festa porque a Guarda Municipal saiu do papel. O parlamentar ainda lembrou dos esforços feitos pelo ex-vereador Rodrigo Moreira para tornar a Guarda uma realidade. Ao parabenizar a prefeita Sheila Lemos pela escolha do Capitão Lemos, Chico Estrela disse que era bonito ver a relação de afinidade entre o comandante e os comandados, e elogiou a atuação dos guardas municipais. O vereador também afirmou que para garantir a segurança da população, a Guarda deve estar munida de arma de fogo, porque não é possível lutar contra os marginais usando uma rosa branca.    

Forças de Segurança a serviço da sociedade – O Major Elder, do Esquadrão Falcão, defendeu que as forças de segurança estejam integradas no serviço à sociedade. “Estamos ombreados com todas as forças de segurança. Todas as instituições voltadas à segurança precisam trabalhar com uma única finalidade: servir à população”, disse. 

Ele assegurou que o Esquadrão Falcão está à disposição para auxiliar a Guarda Municipal no que for possível. “Podem contar com o nosso Esquadrão Falcão. Todos os recursos que tivermos que vocês precisaram podem contar conosco, estamos de portas escancaradas”, disponibilizou. 

Os guardas são importantes – Durante a audiência, o comandante do Comando de Policiamento Regional/Sudoeste, Fernando Leite, disse que era uma noite de alegria para comemorar o Dia da Guarda Municipal e parabenizou o vereador Fernando Jacaré pela homenagem prestada. Atuando em Conquista desde 1992, Leite defende que a segurança pública é feita em equipe e afirmou que os guardas são importantes, sendo um braço forte para a segurança da cidade. Enfatizou também a importância dos guardas presentes, pelo feito de serem a primeira turma formada. Assim como os parlamentares Tenente Muniz e Chico Estrela, o comandante disse que a Guarda deve estar munida com armamento de fogo.     


Homenagens:

 

 



  Live Offline
Rádio Web Câmara
Facebook
Calendário

Janeiro 2022
0

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31