Imagem Chico Estrella diz que transporte público é o gargalo da administração municipal

Chico Estrella diz que transporte público é o gargalo da administração municipal

Câmara de Vitória da ConquistaSessão OrdináriaNotíciaChico EstrellaPTC

11/06/2021 11:30:00


Durante pronunciamento na Sessão Ordinária desta sexta-feira (11), realizada por meio do Sistema de Deliberação Remota (SDR), o vereador Chico Estrella (PTC) abordou temas como a regulamentação do transporte público no município, o abastecimento de água na Zona Rural e a falta de profissionais em postos de saúde da cidade.

Segundo o vereador, seria hipocrisia da sua parte defender o atual modal de transporte coletivo de Vitória da Conquista e reconheceu que a situação é o gargalo da prefeitura. Ele pediu a colaboração dos colegas vereadores na busca de solução para o problema, explicou que não se pode travar o sistema e lembrou que o que se arrecada atualmente nas catracas dos ônibus é revertido para a Prefeitura Municipal através da ATUV.  

Chico Estrella disse que, ao contrário do que ele sempre tinha imaginado, a prefeitura não tem uma despesa muito grande com o transporte coletivo, e que o que realmente compromete o sistema é a regulamentação das vans e outros meios de transporte que tiram passageiros do sistema. “Se não houvesse esse problema, com certeza haveria um empate técnico aí em termos de arrecadação”, disse, e completou: “Isso não justifica, de maneira alguma, a gente não tomar providências para que seja verdadeiramente sanado esse problema”. 

Abastecimento de água – O vereador afirmou que irá em busca de emenda para que o problema da escassez de água em Vitória da Conquista seja resolvido. Relatou que o município conta com apenas 10 caminhões-pipa para atender uma área de mais de três mil km².

Profissionais nos Postos de Saúde – Sobre esse assunto, Chico disse que providências serão tomadas para solucionar o problema da falta de profissionais em postos de saúde no município. “Vamos cobrar ao Executivo para que possamos levar o médico lá para José Gonçalves e para outras localidades”, disse o vereador, acrescentando: “É um grande problema e a gente entende que os médicos não querem, de maneira alguma, largar os seus consultórios - que ganham uma verdadeira fortuna, mesmo sem declarar - e não querem ir para a Zona Rural ganhar sete mil reais por mês”, finalizou o parlamentar.



  Live Offline
Rádio Web Câmara
Facebook
Calendário

Janeiro 2022
0

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31