Imagem Comissão de Fiscalização de Obras da Via Bahia participa de reunião no Ministério Público Federal

Comissão de Fiscalização de Obras da Via Bahia participa de reunião no Ministério Público Federal

Câmara de Vitória da ConquistaNotíciaAdinilson PereiraValdemir DiasEdjaime Rosa - BibiaFernando JacaréHermínio OliveiraComissão de Fiscalização de Obras da Via Bahia

01/06/2021 21:31:00


Na tarde desta terça-feira (1), a Comissão Parlamentar de Intervenções Rodoviárias e Fiscalização de Obras da Via Bahia, formada pelos vereadores Fernando Jacaré (PT), Edjaime Rosa - Bibia (MDB), Valdemir Dias (PT) e Hermínio Oliveira (Podemos), e mais o vereador Adinilson Pereira (MDB), que estava ausente por motivo de viagem, se reuniu com o Procurador da República em Vitória da Conquista, André Sampaio Viana, com representantes da Polícia Rodoviária Federal e com lideranças comunitárias do município. O encontro aconteceu na sede do Ministério Público Federal e discutiu a duplicação da BR-116 e a construção de cinco viadutos ao longo do Anel Viário do município. Na ocasião, um documento com várias pautas foi entregue ao procurador.

O presidente da Comissão, vereador Fernando Jacaré, criticou a atuação da Via Bahia na região Sudoeste e lamentou a insistência da concessionária em não cumprir o contrato que firmou com o Governo Federal. “A Via Bahia alega arbitragem, mas o que está claro para a gente é que eles só querem ganhar tempo com essas manobras. A questão é que não podemos admitir que acidentes continuem acontecendo devido à falta de infraestrutura”, afirmou o vereador. Jacaré pediu o apoio do Ministério Público Federal para articular um novo encontro com o ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, para debater a continuidade do contrato da Via Bahia.

O procurador André Sampaio Viana se comprometeu em articular esse encontro com o ministro e não descartou a possibilidade de uma ação contra a Via Bahia por danos morais coletiva. Ele informou que já cobrou da concessionária, por meio de ofício, a apresentação de todo planejamento previsto para o Anel Viário de Vitória da Conquista, mas não obteve resposta. 

O vereador Edjaime Bibia lembrou que a principal reivindicação é o cumprimento do contrato e sugeriu a suspensão da cobrança da taxa do pedágio como medida punitiva contra a concessionária. “A Via Bahia está em débito com Vitória da Conquista e, infelizmente, essas intervenções são necessárias para que ela possa entender que existem demandas que não foram atendidas”, justificou o vereador. Hermínio Oliveira ressaltou os constantes acidentes que são registrados e lamentou as consequências dessa falta de infraestrutura. “Existem pessoas com sequelas e famílias que ainda choram a falta dos seus entes queridos, que foram vítimas da falta de passarelas, viadutos e da duplicação da BR-116. Essas melhorias já deveriam existir, se não fosse a teimosia da Via Bahia, que insiste em não olhar para região Sudoeste”, lamentou Hermínio.

O vereador Valdemir Dias lembrou que nenhuma ação foi apresentada pela Via Bahia na última reunião que os vereadores tiveram com a concessionária. “Eles falaram que não tinham nenhuma novidade. Isso é desanimador. Estamos com esse trabalho há mais de dois anos e sem avanços nas intervenções que são contratuais. Estamos recorrendo ao Ministério Público Federal para que possamos ter efetividade nesse trabalho”, afirmou Valdemir.

Na próxima segunda-feira (7), a Comissão estará visitando os pontos mais críticos do Anel Viário de Vitória da Conquista. Uma nova reunião no Ministério Público Federal deverá ocorrer na segunda quinzena do mês de julho.



  Live Offline
Rádio Web Câmara
Facebook
Calendário

Janeiro 2022
0

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31