Imagem Cori critica confusão no trânsito e cobra:  “Estamos no mês de outubro, não dá mais pra gente tolerar isso”

Cori critica confusão no trânsito e cobra: “Estamos no mês de outubro, não dá mais pra gente tolerar isso”

Câmara de Vitória da ConquistaSessão Ordinária

04/09/2017 11:10:00


Na sessão ordinária dessa quarta, 4, o vereador Professor Cori (PT) denunciou a situação que considera precária das placas de sinalização do trânsito conquistense. “As nossas ruas, a Frei Benjamim e a Siqueira Campos, o centro urbano, as faixas contínuas, faixas de sinalização para vagas, as faixas de sinalização para estacionamento para pessoas na condição de deficiência, de idoso, estão literalmente apagadas”, detalhou. Ele cobrou uma solução à Prefeitura Municipal. “É impossível o pedestre, ele entender onde está a faixa de pedestre. É impossível os veículos pararem devidamente no semáforo”, advertiu e emendou: “Estamos no mês de outubro, não dá mais pra gente tolerar isso. Uma licitação leva no máximo de 60 a 90 dias, se tiver algum impedimento legal, questionamento”.

O parlamentar explicou que existe uma confusão no estacionamento do bairro Brasil. “Não tem definição de limite de vagas. A maioria apagada”, falou. Ele ainda apontou problemas em outras localidades da cidade. “Quando você chega ali no cruzamento da Siqueira Campos com a Jonas Hortélio o pedestre não sabe qual é, exatamente, o espaço dele. E aí o que está acontecendo? Os carros parando na faixa que deveria ser para o pedestre ou na parte que ainda tem pouco sinal para a questão do pedestre”, detalhou.

Segundo Cori, a confusão é grande. Ele questionou a gestão municipal. “Como você vai organizar o sistema de transporte urbano em Vitória da Conquista se você não corresponde a sua obrigação que é de efetivar a sinalização dessas vias? ”, perguntou.

Vagas de estacionamento – O edil também criticou a redução nas vagas de estacionamento. “Houve reunião ontem com o governo municipal, juntamente com CDL. Havíamos cobrado uma posição da CDL porque Vitória da Conquista”, informou. Cori frisou que, no mês de dezembro, o fluxo de carros e pessoas no centro da cidade deve aumentar, impulsionado pelos festejos de final de ano. Para ele, vai ficar “insustentável transitar no centro da cidade”.

Cori foi enfático e afirmou que “não podemos aceitar redução de vagas nesse momento”. Ele apontou que não se pode comparar Vitória da Conquista com Londres, como querem alguns. “Londres é uma coisa, Madri é outra, Vitória da Conquista é outra. A gente ainda não planejou o centro da cidade para ter metrô, ter VLT”, ressaltou. O vereador pediu uma reunião com os 20 colegas para discutir o tema.

Tribuna Livre – Em sua fala, o vereador ressaltou que a Casa dará todo o apoio necessário à causa da Associação de Surdos de Vitória da Conquista (ASVC) e frisou a necessidade de um tradutor de Libras na Câmara. O presidente da ASVC esteve na sessão e, na tribuna livre, pediu apoio aos vereadores para o atendimento às solicitações que o segmento vem fazendo à gestão municipal.

O parlamentar ainda parabenizou o colega Gilmar Ferraz (PMDB) pela audiência sobre renegociação de dívidas de produtores e agricultores rurais, ocorrida ontem. O evento teve ampla representatividade. “Parabéns vereador. O senhor contribuiu muito, ontem, com Vitória da Conquista ao trazer esse tema da renegociação de dívida para essa Casa”, disse.  

Clique aqui e veja as fotos apresentadas no plenário sobre as faixas e vagas de estacionamento - faixas.odp





  Live Offline
Rádio Web Câmara
Facebook
Calendário

Janeiro 2022
0

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31